Suplementos Prebióticos: para que servem? Descubra

Suplementos Prebióticos são aqueles que trazem fibras não digeríveis no estômago e que servem de alimento para as bactérias boas do intestino. Simplificando, a definição é mais ou menos esta… Mas o assunto não acaba aqui, claro! Existem muitos detalhes sobre como cuidar da saúde com esses produtos. Veja agora mesmo!

Os compostos prebióticos são alimento para os probióticos, os micro-organismos benéficos. Por isso, investir nos dois é sinônimo de um bom equilíbrio da flora intestinal, a microbiota.

Existem inúmeras marcas de suplementos prebióticos atualmente no mercado. Alguns produtos trazem até combinação com cinco tipos de fibras (solúveis e insolúveis), com a intenção de reorganizar o organismo. O Fiberlift é um exemplo disto.

A promessa de seu fabricante, a Essential Nutrition, é oferecer sabor neutro e boa solubilidade, para que o produto seja adicionado a qualquer alimento ou bebida, sem alterar seu gosto ou característica.

Com efeito prebiótico, o produto é capaz de estimular a multiplicação de bactérias intestinais “do bem”, podendo ser ingerido diariamente sem fornecer junto açúcares, glúten e lactose.

A fórmula do Fiberlift passou por mudança recentemente, quando as fibras de bambu e polidextrose foram trocadas por fibras de acácia e aveia (sem glúten). Esta última é insolúvel e apresenta capacidade de acelerar o trânsito intestinal, ajudando a combater a constipação.

Já a fibra acácia é uma fibra solúvel e, assim como a inulina e o FOS, conta com efeito prebiótico, isto é, estimula o aumento de micro-organismos aliados da saúde.

Por consequência, eleva a concentração de ácidos graxos de cadeia curta, como os lactatos, propionatos e acetados, que servem de comida para as Bifidobactérias, as bactérias benéficas, favorecendo nossa imunidade.

O Fiberlift vem em pote com 260 g e é vendido por algo em torno de R$94,90, dependendo do local de comercialização.

Se você pensa em adquirir suplementos prebióticos, aliás, a própria marca Essential Nutrition, fabricante do Fiberlift, destaca a importância de contar com orientação de um nutricionista ou médico para que ele possa avaliar seu estado clínico e a real necessidade de suplementação, além de realizar o acompanhamento.

Ou seja, mesmo com a facilidade de comprar suplementos prebióticos e vários outros em lojas físicas ou pela internet, sem obrigatoriedade de prescrição profissional, é recomendado dispor de aconselhamento profissional.

Atenção: este post tem o objetivo de informar; não substitui consulta médica ou avaliação de nutricionista. 

 

Suplementos prebióticos: outras dicas e recomendações

Os suplementos prebióticos otimizam o sistema imune ao atuarem em conjunto com os probióticos. Mas não é “só” isso! Eles ainda favorecem as funções intestinais, evitando a prisão de ventre, e diminuem a redução da absorção de açúcar e gordura dos alimentos. Ou seja, dão uma forcinha ao emagrecimento.

Há relatos de estudos recentes indicando que a inulina, um dos principais componentes prebióticos, tem o poder de turbinar a absorção de cálcio e magnésio pelo organismo. Lembrando que o cálcio é fundamental na prevenção de osteoporose e outras doenças nos ossos. Já o magnésio age diretamente na contração dos músculos.

Para aproveitar os benefícios dos suplementos prebióticos, é bom seguir as recomendações prescritas por um médico ou nutricionista, e não exagerar na dose diária. Exageros não são bem-vindos principalmente para quem sofre com problemas no intestino.

Abusar no consumo de prebióticos pode provocar diarreia e flatulência em pessoas que já apresentam disfunções intestinais. Uma dica extra é beber muita água, pois o líquido ajuda a formar e eliminar as fezes.

Fora isso, basta aproveitar as vantagens do consumo de suplementos prebióticos ou, se preferir, recorrer a fontes naturais, os alimentos prebióticos, que são tema de um artigo aqui no blog. Dá uma olhada lá!

Então, eu deixo você com as dicas de suplementos prebióticos, para cuidar da saúde e manter aquela disposição que tanto merece e precisa!

Até breve…

Leave a Reply