Probiótico caseiro: benefícios e receitas de kefir

Quem disse que para ter um intestino funcionando bem é preciso gastar muito com produtos prontos e caros? Com o probiótico caseiro, você aproveita os benefícios dos micro-organismos vivos sem afetar a saúde financeira. Veja como a seguir!

O kefir é um exemplo de probiótico barato, feito em casa com uma colônia de “bactérias do bem”. Geralmente, a maneira de conseguir a primeira leva de micro-organismos é por doação, para que ela comece outra colônia.

Na internet mesmo, você encontra gente disposta a ceder, sem custos, os grãos gelatinosos de kefir. A partir disso, é possível preparar uma bebida probiótica. Dá uma olhada na receita:

1. Coloque grãos de kefir no leite e armazene-os em temperatura ambiente. Espere a fermentação por cerca de 24 horas (temperatura de 18°C a 30°C). É quando os lactobacilos e as leveduras consomem a lactose contida no leite.

2. Depois da fermentação, coe para separar os grãos de kefir, que poderão ser adicionados a outro leite e, assim, sucessivamente, por tempo indeterminado.

3. Beba o kefir in natura ou misturado com mel, frutas ou cereais. É um alimento de consistência cremosa e cheiro moderado de levedura fresca, parecido com coalhada, além de gosto ácido sutil que lembra o do iogurte.

Importante: esse probiótico caseiro pode trazer de 0,08% a 2 % de álcool em sua composição.

E tem mais! Confira abaixo seus principais benefícios:

No entanto, as vantagens do probiótico caseiro kefir poderão ser sentidas apenas se forem respeitados alguns cuidados com seu armazenamento. São eles: usar recipientes de vidro, plástico ou aço inox; lavar bem o vasilhame com água fervida, evitando o cloro, que estraga o kefir.

Ah! Descarte os grãos que estiverem com cheiro estranho ou coloração esquisita – o kefir deve ser branco.

Com as medidas certas, o cultivo do kefir logo traz resultado, ou seja, as bactérias se multiplicam. Dessa maneira, a quantidade de grãos vai ultrapassando os recipientes, sendo necessário doar parte da produção. Foi assim que o probiótico caseiro kefir ganhou o mundo! Esse é o principal jeito de difundir os grãos até hoje.

Na segunda parte deste artigo, saiba como fazer kefir usando água…

Probiótico caseiro: como fazer o seu primeiro kefir

1. Separe um recipiente de vidro com 1 litro de capacidade.
2. Providencie também água mineral, preferencialmente, e açúcar demerara.
3. Amorne 250 ml de água.
4. Coloque ¼ de xícara de açúcar demerara na água e dissolva bem.
5. Complete o vidro com 750 ml de água mineral em temperatura ambiente.
6. Depois que a mistura esfriar, acrescente 3 ou 4 colheres (sopa) de grãos de kefir.
7. Cubra o recipiente com gaze, papel toalha ou outro material vazado.
8. Deixe o preparo fermentar durante pelo menos 24 horas e, no máximo, 72. Quanto mais longa a fermentação, menos doce o kefir ficará.
9. Guarde o pote dentro de um armário ou outro lugar onde a luz não chegue.
10. Após a fermentação, coe os grãos e coloque o líquido em um vasilhame com tampa – é ele que será consumido. Você pode, inclusive, acrescentar frutas e fazer deliciosas bebidas como as das fotos deste post. Já os grãos, estes podem voltar para outro recipiente de vidro com água e açúcar para começar tudo outra vez.

Aviso: este post tem a função de informar. As receitas disponíveis aqui são resultantes de pesquisas na internet; não substituem prescrições de nutricionistas e outros profissionais especializados.

Até breve!

 

Imagens: Pixabay

Leave a Reply