Kombucha, o elixir da saúde: saiba como fazer e conheça os benefícios 

Kombucha

Chamada pelos chineses de “elixir da eterna saúde”, a kombucha é usada no oriente como chá e remédio há mais de dois mil anos. Saiba mais sobre este potente líquido e descubra todos os seus benefícios.

Você que gosta de chá sabe que para cada problema de saúde há uma erva que serve como remédio. Tem chá que faz bem para tudo. E quer jeito mais fácil e gostoso de ser saudável e tomar remédio? Você está com dor de cabeça, toma um chá de camomila. Para intestino preso ou mal-estar, chá de boldo. Para resfriados, inflamações respiratórias, gripe ou dores de garganta, chá de folha de laranjeira, para os cabelos, chá de alecrim. E chá de kombucha, você sabe para quê serve?

Sabia que 70% das defesas do organismo estão no estômago e intestinos? Esqueça os glóbulos brancos por um minuto e pense que o que você come e bebe é o que vai te fazer ser feliz e viver mais. E aquilo que você ingere pode ser também o seu maior veneno. A escolha é sua.

A kombucha é um probiótico usado na forma de bebida, como chá e até refrigerante. E eu já ouvi falar de cerveja de kombucha.

A gente já falou de probióticos por aqui. São alimentos que reforçam as bactérias benéficas do seu corpo e ajudam o organismo a funcionar melhor. E a Kombucha é uma vitamina para estes microorganismos do bem.

Veja os benefícios da kombucha

  • Antioxidante – Faz o coro funcionar melhor e retarda o envelhecimento;
  • Use com sucos detox;
  • Kombucha funciona como lipídio, limpando o sangue e diminuindo o perigo de doenças cardiovasculares;
  • Ingerindo kombucha, você sentirá menos falta de carboidratos, o que ajuda a emagrecer;
  • Pelo mesmo motivo, diminui o colesterol;
  • Também por diminuir carboidratos, a kombucha a ajuda na diminuição dos níveis de diabetes do tipo 2;
  • É fonte de colágeno porque contém glucosamina;
  • Elimina as bactérias ruins;
  • Ajuda a diminuir infecções e reforça a resistência do organismo;
  • Especialmente benéfico para a saúde da mulher porque diminui infecções e combate bactérias como a cândida, causadora da candidíase.

A kombucha, além de ser chá, também é chamada de refrigerante natural porque o que parece apenas água com cor escura, é o resultado das trocas químicas de uma colônia de bactérias, que se ao se alimentar à base de açúcar e líquido adequado, como água, chá preto ou chá verde e algumas especiarias, produz na água nutrientes essenciais ao bom funcionamento do organismo.

A comparação com refrigerante é feita porque a água fica levemente gaseificada. O gás no líquido é efeito colateral da fermentação da bebida. Sim, como a maioria dos probióticos, o chá de kombucha também é resultado de uma fermentação, tem um gosto fácil de memorizar, é um pouco azedo porque o processo de fermentação gera um ácido ou álcool.

Como nem todo mundo curte gostos mais azedos, a sugestão é usar sucos de frutas e chás para disfarçar o sabor, adoçar com mel ou açúcar mascavo e nunca, jamais, usar açúcar refinado.

Faça sua própria Kombucha

O chá ou o refrigerante, ou o suco de kombucha é obtido quando você coloca uma colônia dessas bactérias em um recipiente de vidro, com as condições ideais para a vida destes pequenos organismos.

A gente já avisa que no alto do seu vidro vai se formar uma espécie de nata escura. Não se assuste e nem fique com nojinho! Esta é a sua colônia de Kombucha e quanto mais grossa ela for, mais saudável.

Para fazer sua própria criação, você vai precisar de uma colônia já pronta e de pelo menos 100ml de água de kombucha. Comprar é mais rápido, mas a gente sempre recomenda procurar um amigo que já produz e consome. É mais certeza da origem e de que é bem-feita.

Ingredientes para a Kombucha:

Essas medidas são para 1 litro de água limpa e filtrada. Não use nada para limpar a água, como cloro ou bactericidas.

  • 1 scoby – este é o nome da sua colônia original;
  • 100ml de kombucha pronto;
  • 50g de açúcar cristal (tem gente que prefere açúcar mascavo);
  • 5g de chá por litro – Aqui é pra usar a erva que faz o chá, pode ser chá preto, chá verde chá mate;
  • Suco de frutas ou um suco feito com especiarias, como canela em pau.

Você vai precisar de:

  • 1 vidro grande;
  • Garrafas pequenas de plástico para estocar o chá de kombucha quando ficar pronto;
  • 1 pano;
  • 1 elástico para a boca do vidro;
  • 1 coador ou peneira de cozinha.

Modo de fazer a sua kombucha:

Em uma panela, ferva o litro de água e coloque o açúcar até dissolver. Em seguida, desligue o fogo, acrescente o chá tampe a panela. Deixe por 10 minutos.

Usando um coador ou peneira, separe as ervas do líquido.

Pegue o vidro escolhido, bem limpo e esterilizado, coloque o litro de água com chá e açúcar diluído e acrescente os 100ml de kombucha pronta e o scoby.

Cubra com um pano e use o elástico para prender bem. É importante que o pano não encoste no chá dentro do vidro.

O preparado pode ficar descansando em lugar seguro, longe do alcance de animais domésticos e crianças. Depois, coe novamente e coloque seu chá em garrafinhas com tampa.

Pequenas garrafas de refrigerante, bem lavadas, são ótimas. Tampe bem e deixe na geladeira por mais uma semana antes de começar a consumir.

As garrafinhas vão gerar gás, por isso, atenção nelas. Se deformarem demais, deixe o gás sair.

Repita a operação de produção, agora com sua própria colônia de Kombucha, engarrafe e beba diariamente.

Importante!

Não use garrafinhas de vidro ou qualquer tipo de metal para estocar o chá de kombucha. O metal mata as bactérias ou solta resíduos prejudiciais à sua saúde e o vidro pode estourar dentro da geladeira.

Não gostou do sabor da kombucha?

Depois de pronto o chá, acrescente outros chás de que você goste mais, use sucos de frutas, sucos detox, adoce com mel ou açúcar mascavo, mas nunca com açúcar refinado. E saúde eterna pra você!

Leave a Reply